Mórmons Maçons, Uma Reflexão

~ quinta-feira, 26 de agosto de 2010



“Um maçom é obrigado a obedecer à lei moral e, se compreender bem a Arte, nunca será um ateu estúpido, nem libertino irreligioso. De todos os homens, deve ser o que melhor compreende que Deus enxerga de maneira diferente do homem, pois o homem vê a aparência externa, ao passo que Deus vê o coração. Seja qual for a religião de um homem, ou sua forma de adorar, ele não será excluído da Ordem, se acreditar no glorioso Arquiteto do Céu e da Terra e se praticar os sagrados deveres da moral...." (Manual do Rito Moderno - Editora A Gazeta Maçônica – 1991 - José Castellani)

Ao meu irmão Mórmon que se aventurar por entre estas linhas, se estiver deveras atento a leitura, não terei dúvida alguma em afirmar que sem muito esforço, ao final do texto, mais uma vez concluirá que os rituais da Maçonaria não são impedimentos ao Santo dos Últimos Dias fiel e digno que deseje ser iniciado Maçom. Receoso de estar beirando a redundância, volto a afirmar que ninguém terá que ser iniciado Maçom afim de que saiba que na Maçonaria a crença em uma divindade é exigência inalterável. Quem já pesquisou, um mínimo que seja, sobre nós, sabe que é fato irrefutável, que a Maçonaria regular não faz concessões a ateus objetivando recebê-los entre nós.

Tenho observado algo interessante nos críticos, (tanto mórmons quanto não mórmons), da Maçonaria. Alguns destes (críticos) que não são mórmons, de forma sistemática tem lançado suas lanças envenenadas também contra a “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”, desconcertado observo que neste momento alguns de meus irmãos mórmons têm lhes dado crédito. Muitos insistem em ignorar que a Maçonaria é uma fraternidade que estar em constante busca da verdade, que tem como lema encorajar seus membros ao respeito mútuo, visando com isso conservar os mais elevados princípios morais, com estrita honestidade de propósito e integridade em todos seus assuntos.

Sou grato aos meus colaboradores que sempre me enviam textos e ou referencias que julgam adicionar algo a meu conhecimento, sei que tenho muito a aprender, morrerei e todo o conhecimento que tiver adquirido será tão ínfimo que nem Pitágoras conseguiria imaginar uma equação que o calcule. Obrigado incansáveis trabalhadores da Arte Real.

Já faz alguns dias, quando iniciei a compilação deste texto, na ocasião fui presenteado com uma prazerosa tarde de troca de idéias com um irmão Mórmon que têm se mostrado radicalmente contrário a filiação de um Mórmon com a Maçonaria, em uma de suas fala ele disse: “Ao iniciar na Maçonaria, e tornar isto publico, você acabou com sua carreira na Igreja, ao decidir ser Maçom você abriu mão de suas heranças como líder; ele disse ainda: “nós não estamos preparados para novamente ter líderes maçons, o mundo não suportaria vocês dentre nós mais uma vez, a pressão seria muito forte...” (com a permissão deste amigo gravei em meu celular nossa diálogo, meu objetivo desde o início foi transcrever em algum momento, aquilo que dissemos, na ocasião pensei que de alguma forma poderia encaixar as palavras dele em um novo texto, aqui estão elas, mas é lógico que vocês compreendem não ser possível citar seu nome). As palavras de meu irmão Mórmon deixou em mim a forte impressão de que a intolerância em todas as suas formas sempre estará presente em nosso dia a dia. É triste para mim, quando Mórmon, saber que o preconceito por parte de meus irmãos nunca nos deixará. A intolerância tem sido infligida aos mórmons maçons como se esta fosse a cura para uma enfermidade. Fica em mim a impressão de haver sido tatuado a ferro e fogo, igual aos quadrúpedes ruminantes criados com objetivo de ordenha e abate. Esta marca indelével, que pejorativamente nos têm sido aplicada por parte daqueles que se imaginam portadores absoluto da verdade, embora eles não enxerguem, é a mesma que nos expulsou de Kirtland, Ohio e Illinois.

Parece que a caça as bruxas, deflagrada contra a Maçonaria, é o único consenso conquistado por todos os seguimentos do cristianismo (sic). É fácil encontrar textos digitados com o firme propósito de nos atacar sob a alegação de que nossos objetivos são diferentes daqueles que buscam ajudar a humanidade. Estas manifestações de incoerência, das quais, a Maçonaria tem sido vitima, estão alicerçadas no preconceito e na irracionalidade. Ao nos repudiarem, alguns em suas falas têm dito que a Maçonaria é praticantes de uma falsa religião. Alegam que criamos dogmas com o objetivo de destruir a verdade divina.

Outra coisa que parece incomodar a algumas pessoas é o fato de sermos sigilosos, nossos críticos não entendem que nosso sigilo se explica pela necessidade de discrição, nada tendo a ver com o significado pejorativo da palavra secreto, embora hoje alguns maçons na tentativa de amenizar a situação prefiram ser identificados como sigilosos, eu ainda insisto em ser tratado como secreto, esta minha preferência justifica-se pelo significado literal da palavra que nada mais é do que: “Íntimo, interior, particular” (vide Dicionário Aurélio). É este o contexto de nosso segredo. Aos meus irmãos mórmons que pensam na Maçonaria como uma organização secreta (pejorativo), lembro que assim como as confissões de SUD ao seu Bispo é inviolável, e por ser, não podem ser rotuladas pejorativamente de secretas, são os segredos da Maçonaria, nosso sigilo se explica pela necessidade de preservação, não somos agressores ou violadores, na realidade somos vitimas, se nos mantemos em alto nível de sigilo o objetivo é nos proteger, e por procedermos assim, isto não nos torna maus ou bons, apenas ajuda a proteger rituais milenares, pois se não fosse assim, talvez hoje não existíssemos mais, seriamos, talvez, uma forma corrompida de Maçonaria. Penso que já teria acontecido com a Maçonaria o que aconteceu com o cristianismo anterior a restauração, que teve seus rituais corrompidos pelos “bem intencionados”.

A Maçonaria é tão aberta quanto os rituais do templo, que embora acessíveis a uns poucos, foi planejado para todos. Nós maçons nos enclausuramos motivados pela necessidade de preservação da forma correta de se fazer Maçonaria.

Tenho lido alguns autores que acusam a Maçonaria de planejar ser a substituta do cristianismo. Caro leitor, nem mesmo desejamos ser seu concorrente, a expressão correta a ser aplicada quando alguém se referir a Maçonaria em relação cristianismo seria parceiros. Mesmo após iniciado um Maçom é livre para seguir com sua fé religiosa, além de ser incentivado a agir conforme os ditames de sua própria consciência. Tenho repetido quase compulsivamente estas coisas, inclusive como respostas aos e-mails que recebo. Nestes e-mails tenho notado certo grau de malevolência da parte de meus irmãos mórmons, os que me escrevem dizem (alguns deles) sentirem-se incomodados por minha escrita, eles afirmam que sou um apostata e que com meus textos tento destruir nossa fé.

Não deveria ser assim, a verdade não deveria incomodar, pois escrevo apenas para tentar mostrar que a Maçonaria não combate do outro lado do front de batalha, estamos do lado dos mocinhos, não estamos a comandar, nem mesmo planejamos, uma guerra santa.

Em sua obra intitulada Dicionário de Maçonaria, Joaquim Gervasio Figueredo, na página 218 diz: “O primeiro e fundamental Landmark é a crença em um Deus como sendo o Grande Arquiteto do Universo, o Ser que “poderosa e suavemente ordena todas as coisas”, e que, de Seu elevado plano, governa o Seu universo e lhe infunde a Sua vida”.

Uma das primeiras coisas que se aprende ao pesquisar Maçonaria é que para a instituição, os marcos, (ou landmarks) são leis imutáveis, invioláveis. A Maçonaria existe para beneficiar a humanidade. Ela agrega em seu seio homens provenientes de todas as esferas sociais, com uma insuperável variedade de opiniões políticas, religiosas e raciais, onde todos são reunidos e mantidos juntos em uma “quase” perfeita relação de amizade e boa vontade.

Certa vez ao afirmar que a Maçonaria é uma grande benfeitora da humanidade alguém me perguntou: Por que então algumas pessoas e até mesmo organizações religiosas atacam tanto a vocês? Em resposta eu disse: Desde os primórdios de nossa existência (da Maçonaria), temos sido atacados por aqueles que desconhecem nossos objetivos. Embora esta tenha sido minha resposta, nem mesmo eu fiquei satisfeito com ela, não consigo entender o motivo de tanta repulsa, de tanta quizila. Infelizmente é indiscutível a forte probabilidade de que a discordância, a intolerância, por parte de alguns, continue existindo em uma escala espiral progressiva que um dia (parecido com mil anos) deverá desembocar nas águas da verdade, quando então todos os registros serão abertos, e o bem prevalecerá, e a Maçonaria finalmente receba o seu quinhão das mãos daquele que é justo e perfeito, quando então poderemos descansar, pois finalmente teremos construído um templo (perfeito) à virtude.

A Maçonaria não é uma religião, embora seja religiosa. Não somos mais uma denominação religiosa, embora seja um lugar onde todos os homens de todas as religiões podem unir-se e confraternizar-se como irmãos.

Em outros textos de minha autoria tenho citado vários líderes (da Igreja) que viveram no passado, como exemplo de dedicados mórmons maçons, dos quais a história não registra um único que seja, que tenha encontrado algum conflito ideológico ou teológico entre as duas organizações. Atualmente sei da existência de alguns Conselheiros de Templos, Oficiantes, Bispos, Presidentes de Estacas que são maçons, e o que tenho ouvido deles é que não encontraram nenhum conflito que os forçasse a abandonar a fraternidade maçônica. O que me dizem alguns, é que em função de seus chamados têm encontrado alguma dificuldade em atuar assiduamente na Maçonaria, mas, tempo é um problema que todos nós em algum momento da vida precisamos administrar. Sempre haverá conflito entre nossas obrigações religiosas e os outros afazeres, eu mesmo, em tempos passados, algumas vezes deixei de freqüentar minha unidade em função de meu trabalho, mais isto não minou minha fé, por que então a Maçonaria que normalmente se reúne uma vez por semana, e nunca aos domingos, seria um empecilho ao meu progresso espiritual? Desde que fui iniciado Maçom a fraternidade se tornou para mim um forte apoio e influência ao longo de minha viagem rumo ao encontro com o Senhor Jesus Cristo.

Discordo daqueles que buscam na falta de tempo, justificativa para não ser Maçom, pois se o tempo fosse real empecilho nossos líderes seriam todos remunerados, eles teriam que parar de estudar e seriam todos celibatários.

Aos meus irmãos mórmons maçons, deixo um recado: “É essencial que nós sejamos um exemplo na realização das designações que nos sejam apresentadas por nossos líderes, participando ativa e assiduamente dos eventos patrocinados pela Igreja, que nossa fé seja movida pelas boas obras, que sejamos todos devotados homens de família, dediquemo-nos em desenvolver nossos laços de amizade visando o benefício do próximo, pois procedendo assim a Maçonaria e a Igreja de Jesus Cristo continuarão a ser compatíveis, esta é nossa grande responsabilidade como mórmons maçons”.

Amigos e irmãos, estas são algumas de minhas reflexões sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e a Maçonaria, você é livre para aceitar pelo espírito o que tenho dito. “E quando receberdes estas coisas, eu vos exorto a perguntardes a Deus, o Pai Eterno, em nome de Cristo, se estas coisas não são verdadeiras...” (Moroni 10:4). Ao se decidir por julgar se a Maçonaria é compatível ou não, com A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, dispa-se das armaduras do preconceito, não esqueça que ainda hoje o mundo julga o mormonismo através das lentes da ignorância e da intolerância, não aplique esta mesma medida a uma organização “...virtuosa, amável, de boa fama...” (13ª Regra de Fé), “... para que não sejais, porventura, achados combatendo contra Deus...” (Atos 5:39).

fonte

27 Comentários:

josevanio pereira disse...

Penso ser essa uma atitude louvavel, a de defender os bons costumes e o direito e liberdade de buscar a verdade. o adimiro pela sua iniciativa e ha muito buscava alguem com essa coragem e fidelidade ao Senhor Jesus Cristo e aos bons costumes. creio firmemente que a sociedade será mais justa e livre ao buscar o conhecimento da verdade, das coisas como foram como sao e como serao. parabens irmao. tambem sou membro da igreja de cristo e pretendo me filiar a esta honrada ordem, e como mormon maçon farei o melhor para diminuir esse preconceito contra nós.

Anônimo disse...

Olá a todos os internautas do blog Material Mórmon! Gostei muito deste artigo que fala sobre a verdadeira Maçonaria, digo verdadeira porque na internet há muitos materiais que tentam "provar" que a Maçonaria é algo oculto e ruim, o que de fato é mentira!
Sou membro da Igreja há 5 anos e há quase 2 anos iniciei na Ordem DeMolay que é uma organização paramaçônica de jovens entre 12 à 21 anos. Nesta ordem aprendemos princípios que nos elevam e que lá podemos amadurecer e ser melhores jovens e filhos. É uma ordem que utiliza o mesmo espaço de reuniões dos Maçons, ou seja, a Loja Maçônica, fui iniciado e recebi o 2º grau(Grau DeMolay) e confesso de que absolutamente não me arrependo pois somando os ensinamentos DeMolays e os ensinamentos da Igreja pude sem dúvida ser um jovem melhor! Quando fui iniciar achei conveniente falar com meu Bispo sobre isso para que ele pudesse saber o que era, por sorte ele recebeu a notícia muito bem mas pediu para que eu equilibrasse o tempo entre Ordem e Igreja, além disso, convidei-o para assistir a uma Reunião Pública e isso ajudou a ele ver mais sobre a ordem. No meu ponto de vista, creio que ser Maçon e SUD é algo maravilhoso, pois podemos mostrar aos Maçons nossos princípios e até falar sobre o evangelho, não há necessidade de se haver um preconceito com relação à Maçonaria, deve-se primeiro buscar entender o que é para assim então chegar a uma conclusão. Apoio e incentivo os membros da Igreja a quando forem convidados a iniciarem irem participar e filiar-se a maçonaria!

Para quem deseja conhecer sobre a Ordem DeMolay: www.demolaybrasil.org.br

Kevin Productions disse...

Caro irmão...pelo que fiquei sabendo com meu bispo,(no qual já foi chamado para ser maçom) ele me disse que não aceitou o convite por que as coisas feitas na maçonaria também são feitas no templo...e que tudo o que se sabe na maçonaria se sabe tambem na igreja...e por ultimo que os simbolos estão decifrados de forma errada na maçonaria...os da igreja estao decifrados de uma maneira correta e inspirada...
mais não tenho nada contra maçons sei que são nossos irmãos filhos de Deus.

Anônimo disse...

Yeoshuah disse: vou preparar-lhes morada.Ha muitas moradaas na casa do meu Pai.

Anônimo disse...

Corrigindo vu preparar-lhes lugar.Na casa do meu pai há muitas moradas.

Anônimo disse...

Maçonaria Não é religião

Anônimo disse...

Maçonaria é como uma cultura religiosa

Anônimo disse...

nem tudo que diz:senhor,senhor entrará no reino dos ceus.existem dois caminhos,a do cordeiro de DEUS e a do diábo, se você não for a do cordeiro meu amigo sinto muito. naõ podemos servir à dois senhores há de amar um e oidar outro.um dia terá que decidir se por maçons ou mormon. eu sou santos dos últimos dias. e não faria parte de uma sociedade secreta.

Anônimo disse...

se não gostou meu amigo sinto muito. boa sorte para voce. dizem que o reino terrestre e bem melhor que teleste. boa viagem.

Cláudio disse...

Texto excepcional e tira algumas lacunas existente entre a Maçonaria e a Igreja dos Santos dos Últimos Dias. Pretendo ingressar a Maçonaria o mais rápido possível, pois sempre foi o meu alvo, por entender que ali se aprende a amar as pessoas, se confraternizar e conhecer amigos. Obrigado,

Cláudo da Luz

Carlos Eduardo Bronzoni disse...

A Maçonaria não é uma religião e nem se propõe a substituí-la. O anticlericalismo maçônico redunda da enorme interferência da Igreja Romana nas questões políticas e Sociais, o qual, durante toda História percebemos ser uma influência maléfica.

A Maçonaria sempre defendeu a separação do estado da Igreja e que esta não se envolvesse em problemas seculares, mas se ativesse unicamente a Salvação de almas.

A Igreja Romana, em função disso e, por sua vez, influenciando outras vertentes cristãs, que ainda saídas da Reforma trazem em seu bojo os mesmos vícios da Igreja de origem, percebeu o perigo da oposição maçônica, como foi forte na Revolução Francesa (que influenciou meio mundo), que acabou com o Império déspota e sua convencia com tais organizações religiosas.

Não foi à toa que divulgaram mentiras como ritos satânicos e pactos de sangue com o diabo ou qualquer outra figura equivalente, etc.

Por outro lado, a Maçonaria não passa de um Rotary ou Lions, tendo a diferença (única) que nela existem mais ritos e rituais, que nada mais são que teatralizações de Ritos de Passagens, baseados na História da Cultura do Homem.

Anônimo disse...

Adorei este material, também sou um santo dos ultimos dias, e admiro e estimo muito meus irmãos da Igreja e da Maçonaria...e sei que ambas buscam nosso aperfeiçoamento, como pessoas e como sociedade...e apesar de uma ser uma religião e a outra uma fraternidade ambas crêem em um Ser Superior que nos rege...parabens pelo conteúdo e clareza...

maxell egens disse...

Tem muito sobre maçonaria nestes livros que estão sendo publicados, acredito que o cara se mantém anonimo, e que não é o nome real ali nos livros pelo teor. eu comprei o primeiro e tem muita coisa ali. Tem coisas que ninguém conta ou quer que seja mostrado, muito conhecimento que poderia ajudar todos os cidadãos mas acaba privilegiando poucos.

http://clubedeautores.com.br/books/search?utf8=%E2%9C%93&what=maxell+egens&sort=&commit=BUSCA

Medeiros disse...

Em todas as casas que se abre uma Bíblia, um livro das Sagradas Escrituras, Alcorão, livro de Mórmon ou outros livros que falem de DEUS, não existem indecisão. Sempre adoramos a um só DEUS.
O PAI DE TODAS AS COISAS, O GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO.
E para os que tem duvidas da Maçonaria e da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ou qualquer outra Religião, a internet está a disposição pra pesquisa.

Jane Rodrigues disse...

Eu tinha um certo preconceito com relação àmaçonaria, mas soube que um membro de minha ala é maçon, e me perguntei: "como pode um homem tão bom assim fazer parte de algo ruim?" Por causa dele, pesqueisei a fundo, li livros da maçonaria, pesquisei boas fontes na internet, e hj considero a maçonaria louvável. Isso não alterou em nada meu teestemunho da igreja. Sou mulher, jamais serei da ordem, mas depois de buscar conhecimento e conhecer maçons, percebi que muito do preconceito é por causa da falta de conhecimento. Um fala uma bobagem a um, que fala a outro, e à outro... e sem procurar saber a verdade, caem nas mentiras...
Jane

Anônimo disse...

Ola, também fui mormom, batizado a 3 anos, mas quando descobri a possibilidade de que toda sua historia e "restauração do evangelho" não passam de uma invenção da maçonaria, então eu desisti. Confesso que tenho muito respeito pelos irmãos, sejam mórmons, maçons ou qualquer fé, religião. Mas desprezo totalmente a maçonaria, pis mente quando diz que não é igreja e nem religião. Ela traz nos seus culto, simbolos a adoração a varios deus. Em Mosias 12.36 diz: não fará para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus nem embaixo na Terra. No entanto toda sua historia é envolvida com adorçao, ao sol, a lua, isso atravez de seus simbolos, que representam hórus ( deus sol no antigo egito).e os maçons dizem ser os "condtrutores", estão envolvidos em acontecimentos histórico, na formação de nossa sociedade entre tantas coisas. Então o que empediria eles de terem atravéz de joseph, terem criado a igreja de "jesus cristo" segundo a vontade deles? Pense bem e se joseph foi apenas um maçom? e se ele nunca viu anjo algum? e se ele criou tudo baseado em sua fé e conhecimento na maçonaria???

Anônimo disse...

gente a maçonaria mente, leiam mais as ecrituras e os livros seculares. vejam quanta coiscidencia. ninrode foi o primeiro homem poderoso na terra, ele dizia que ia construir uma torre bem alta para poder governar do alto do céu, ele dizia assim seu povo seria o unico povo poderoso em toda terra. essa ideia veio passando de geraçao pra geração, de povo pra povo. o estados unidos, foi construido pela maçonaria todo edificado na cabala judaica, no ocultismo, essas coisas, toda sua cultura é imitando a adoração ao deuses antepassados. obama foi eleito a midia anunciava " obama é o homem mais poderoso do mundo". o dolar é a moeda universal, o ingles também, lembram que ninrode dizia? então...

Anônimo disse...

... agora veja o que os livros mormons ensinam. dizem que a igreja deles é a "unica igreja verdadeira na face da terra, e que as outras são do diabo". no o livro de mormon esta escrito que "Deus chama de tolo quem tem a biblia e diz que não precisa de outra".Èter c. 13 diz a américa é a nova jerusalém, D%C também diz,diz que sera o Missouri. durante muitos anos os NEGROS foram proibidos de ser mormom, pois segundo os livros deles o negro foi "amaldiçoado" por Deus. só recentemente um profeta diz que Deus agora os aceita. tenho certeza que a maioria dessas coisas não ensinam quando ainda estão indo na sua casa te convidar, não é??

Anônimo disse...

2 Néfi 12- 17,18. E a altivez do homem será abatida, humilhada será sua soberba; e só o SENHOR será exaltado naquele dia. E os ÍDOLOS ele totalmente abolirá.

Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura. Isaías 42:8

Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome. Hebreus 13:15


Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém.1 Pedro 4:11

Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Filipensses 2:9

Então, as escrituras dizem que Deus não quer seu povo dando gloria, nem louvor, a outro deus, nem a imagens, e creio que nem a nenhum outro homem, ou mulher. também as escrituras dizem que; Deus, o criador deu a seu filho JESUS o nome que esta acima de todo nome.
Então, porque os santos dos últimos dias cantam um hino louvando seu profeta?
Hoje, ao Profeta Louvemos
Hoje, ao profeta RENDAMOS LOUVORES,
Foi ordenado por Cristo Jesus
Para trazer a verdade aos homens
Para aos povos trazer nova luz!...

...Por assassinos seu sangue vertido
Sempre o cárcere maculará;
Sempre será exemplar sua vida,
TODO O MUNDO LOUVORES DARÁ!...

...É grande a GLÓRIA DO SEU NOME eterno
Todas as chaves do Reino terá
E na mansão celestial para sempre,
Entre profetas nomeado será!...

Anônimo disse...

a maçonaria diz que não é igreja e nem religião. então como se explica isso?

"Lúcifer, o portador da luz! Nome estranho e misterioso dado ao espírito das trevas! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele que traz a luz ... duvido que não! "(Morais e Dogma pg 321)

"A religião maçônica deve ser, por todos nós do alto grau, mantida na pureza da Doutrina Luciferiana Se Lúcifer não fosse Deus, iria Adonay (sic), cujas ações provam sua crueldade, perfídia e ódio do homem, barbarismo e repulsa para a ciência, que Adonay e seus sacerdotes o caluniam?
Sim, Lúcifer é Deus, e infelizmente Adonay também é deus ...
Assim, a doutrina do satanismo é uma heresia, ea religião filosófica pura e verdadeira é a crença em Lúcifer, igual a ADONAY mas Lúcifer, Deus da Luz e Deus do bem, está lutando pela humanidade contra Adonay, o Deus da escuridão e MAL. "(de Larive, AC, La Femme et l'enfant dans la Franc, Maconnerei Universelle, Paris, 1889, p. 588

bom, segundo esse texto, a maçonaria tem LUCIFER como seu DEUS.

Anônimo disse...

A maçonaria não é uma religião de teologia, porque não tem uma teologia própria.
A interpretação errada de que a maçonaria seja uma religião de teologia ou uma coisa satânica, é por causa de interpretações erradas e falta de entender dos reais sentidos usados pela maçonaria nos símbolos palavras e frases.

Apresento'os a maçonaria independente'regular reconhecida para homens e mulheres!
A grande loja mixta do rito de memphis misraim trabalha de forma séria de honesta.

www.grandeloja.org.br

http://www.maconarianatv.org.br/

http://www.glada.org.br/Sobre-a-GLADA/Juvenil juventude maçônica

Eliane Parolin . ' .

Anônimo disse...

JOSEPH SMITH Ñ ERA NEM NUNCA FOI MAÇOM,A IGREJA FOI RESTAURADA! PORISSO ELA É VERDADEIRA,QUAL IGREJA FOI RESTAURADA NA FACE DA TERRA A Ñ SER ELA?.NENHUMA NÉ?

Anônimo disse...

concordo com vc,a unica igreja que foi restaurda na face da terra é a igreja de jesus cristo dos santos dos ultimos dias,ñ sei de onde esse povo tirou isso que nós sud tb somos maçoms kkkkkkkkkk,joseph era maçom? kkkkkkkkk que piada,se ele fosse maçom ñ faria sentido algum ele ser da igreja de jesus cristo dos ultimos kkkkkkkkkk.não podemos servir a dois senhores.

lydiane tomaz

Anônimo disse...

desculpe,mas vou deixar alguns membros tristes mas a verdade precisa ser dita e se ainda nao sabem é uma opotunidade de saber. Joseph foi sim um maçom,isso nao o faz menos profeta e nem abala o meu testemunho pois eu faço o que a 13 regra de fe diz,se o mundo inventor qualquer coisa que nao baixe os meus padroes como membro da verdadeira igreja de Cristo eu a procurarei.

Brendon Marques disse...

A meu ver, e baseado com todas as informações que já levantei sobre a maçonaria, não há nada que seja feito por esta mesma que não possibilite a uma pessoa ser membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Não sou maçom e não pretendo filiar-me, nunca tive este desejo pelo simples fato de não ver necessidade. Tenho firme convicção de que na Igreja de Jesus Cristo, e somente nela, todas as ordenanças de salvação para os homens são realizadas. Entretanto, não vejo mal algum em algum membro SUD filiar-se a maçonaria. Me entristece ver pessoas falando sem conhecimento e pior, difamando tal irmandade.

Cesóstre Guimaraes de Oliveira disse...

...e se você tiver errado? Parece que você têm muitas dúvidas para quem pretende levantar uma bandeira.

Cesóstre Guimaraes de Oliveira disse...

Espero que seu testemunho não esteja alicerçado em tuas afirmações, pois é verdade Joseph Smith e seus outros 4 sucessores também.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails